Jessica Campos

5 min. de leitura

ouvir

Como elaborar um briefing para lançamento de cosméticos

Briefing nada mais é que um documento, onde as especificações do seu produto estarão descritas, para guiar a produção garantindo a formulação mais assertiva

Quando nos deparamos com um novo produto cosmético no mercado ficamos curiosos para saber mais informações, como o que ele faz, qual sua fórmula e para quem é indicado. Todas essas dúvidas são sanadas na comunicação da marca, no lançamento do produto ou na estratégia de comunicação da mesma.   

Entretanto, até aquele produto chegar à prateleira existe um longo caminho. Você já se perguntou por quantas etapas este produto passou até chegar às mãos do cliente? Pode até parecer, de longe, um processo simplório e objetivo, mas são muitos os passos envolvidos em todo o processo desde a concepção do projeto até que o produto chegue ao mercado. E tudo começa com o briefing.  

O que é o Briefing  

Briefing é uma palavra em inglês, que significa “instruções, orientações”. É um documento utilizado em todos os novos projetos. Sua elaboração envolve profissionais das áreas de marketing, comercial, administrativa, design, desenvolvimento, financeira, planejamento de compras e produção, pesquisa e desenvolvimento, dentre outras. A ferramenta deve conter todas as informações sobre o projeto ou atividade a ser realizada. Afinal, é a linha guia de todo o processo.  

O briefing é um documento utilizado em diversas áreas, mas focaremos neste conteúdo, no briefing de um produto ou uma linha de cosméticos/dermocosméticos de uma empresa que presta serviço de terceirização, como a Cosmefar.  

É de extrema importância deixar claro que o briefing não pode ser muito curto e resumido de forma a não conter todas as informações e nem muito extenso, de forma a deixá-lo “cansativo” e inibir a leitura constante do time envolvido.  

Como elaborar um briefing  

Afinal, como fazer? Quais informações deve conter? Como montar, criar ou elaborar um Briefing?  

Não existe uma receita para a elaboração de um briefing. O mais importante é “mergulhar de cabeça” no projeto, com máximo engajamento e clareza. De forma geral, os itens mínimos que compõem este documento, são:  

  •  Nome da Marca/Empresa;  
  • Nome do Projeto;  
  •  Equipe e departamentos envolvidos no processo;  
  •  Definição do projeto e produtos;  
  • Definição das características dos produtos, como textura, sensorial, forma física, descrição olfativa;  
  •  Definição da natureza dos produtos: sintéticos, naturais, veganos, orgânicos, clean beauty, green beauty;  
  •  Definição dos “claims” dos produtos;  
  •  Definição dos testes de segurança e eficácia dos produtos;  
  •  Objetivo do produto ou projeto;  
  •  Público-alvo;  
  •  Tipo de venda;  
  •  Estilo de comunicação e mídias sociais;  
  •  Concorrentes diretos e indiretos;  
  •  Orçamentos e precificação na ponta;  
  •  Objeções: o que não pode ter neste produto ou projeto (por exemplo, no caso de cosméticos, geralmente há restrições de alguns conservantes, emolientes, ativos e corantes);  
  •  necessidades obrigatórias: o que não pode faltar (por exemplo, ativos desejados e que funcionarão como “fio condutor” da linha de produtos, classificação da fragrância, estilo de formulação como vegana, natural);  
  •  focar no que o cliente quer (por exemplo, quais produtos, que tipo de linha será desenvolvida, será uma linha clean ou green beauty);  
  •  Qual a maior “dor atual” do cliente, para sanar e não recair na mesma dor;  
  •  Quais as metas e objetivos do projeto e dos produtos individualmente;  
  •  O que “brilha os olhos” do cliente (aqui se trata não apenas de atender às expectativas, mas sim superar as expectativas do cliente. Lembre-se que atender à expectativa é uma obrigação, mas superar é uma forma de fidelizar o seu cliente);  
  • Prazos e cronograma para execução das tarefas e entregas de resultados;  
  • Dedicação com engajamento Inter equipes.  

 Não se assuste com retrabalhos e ajustes, geralmente eles são previstos e necessários. É muito difícil que um briefing fique pronto de uma só vez, o importante é ter clareza de que toda mudança deve ser realizada o quanto antes, no prazo inicial do projeto e não no final.  

 Quais os principais erros na elaboração do briefing do seu cosmético  

 Uma vez dito quais as principais informações que devem conter nesse seu documento guia, é importante saber onde não errar. Então preste atenção nos próximos tópicos e evite as seguintes ações:   

  •  Aguardar por muito tempo o envio de informações sem cobrança para a elaboração do documento em tempo hábil.   
  •  Tópicos e Perguntas genéricas (o briefing precisa ser personalizado, cada cliente e projeto é único).   
  • Não detalhar as informações podendo gerar interpretações erradas.  (A interpretação de um documento não detalhado pode levar a erros e falhas graves no processo).  

No caso do Briefing para o Desenvolvimento de um produto cosmético / dermocosmético ou uma linha de produtos, é absolutamente necessário ter clareza quanto ao processo do início ao final, o que pode ocorrer de forma paralela, para otimizar os prazos e o que deve iniciar antes de cada etapa.  

Um briefing bem elaborado, com a participação de todos os envolvidos no projeto, com dedicação, clareza e engajamento, representa a chave para a assertividade e sucesso do produto no mercado. 

Se ainda tem alguma dúvida, nossa equipe terá a maior satisfação em ajudá-lo. 

© 2022 Cosmefar cosmetologia inteligente

Desenvolivido por GF capital

Falar com um consultor